sábado, 13 de dezembro de 2014

Cascavel: Festival da Sardinha será destaque do quadro Achamos no Brasil! No Programa Domingo Espetacular da Rede Record

Renata Alves te convida para conhecer o Festival da Sardinha no Ceará
No Domingo Espetacular, deste domingo (14), Renata Alves irá saborear os pratos feitos no Festival da Sardinha, em Cascavel no Ceará. Não perca o Achamos no Brasil!

Aquiraz: Encerramento da Festa de Santa Luzia em Trairussu


HOMENAGEM: Luiz Gonzaga se estivesse vivo estaria completando hoje 102 anos

Nasceu na fazenda Caiçara, no sopé da Serra de Araripe, na zona rural de Exu, sertão de Pernambuco. O lugar seria revivido anos mais tarde em "Pé de Serra", uma de suas primeiras composições. Seu pai, Januário, trabalhava na roça, num latifúndio, e nas horas vagas tocava acordeão (também consertava o instrumento). Foi com ele que Luiz Gonzaga aprendeu a tocá-lo. Não era nem adolescente ainda, quando passou a se apresentar em bailes, forrós e feiras, de início acompanhando seu pai. Autêntico representante da cultura nordestina manteve-se fiel às suas origens mesmo seguindo carreira musical no sul do Brasil. O gênero musical que o consagrou foi o baião. A canção emblemática de sua carreira foi Asa Branca, que compôs em 1947, em parceria com o advogado cearense Humberto Teixeira.

Asa Branca

Quando olhei a terra ardendo
Qual a fogueira de São João
Eu perguntei a Deus do céu, ai
Por que tamanha judiação
Eu perguntei a Deus do céu, ai
Por que tamanha judiação

Que braseiro, que fornalha
Nem um pé de prantação
Por falta d'água perdi meu gado
Morreu de sede meu alazão

Por farta d'água perdi meu gado
Morreu de sede meu alazão

Inté mesmo a asa branca
Bateu asas do sertão
Então eu disse, adeus Rosinha
Guarda contigo meu coração

Então eu disse, adeus Rosinha
Guarda contigo meu coração

Hoje longe, muitas léguas
Numa triste solidão
Espero a chuva cair de novo
Pra mim voltar pro meu sertão

Espero a chuva cair de novo
Pra mim voltar pro meu sertão

Quando o verde dos teus olhos
Se espalhar na prantação
Eu te asseguro não chore não, viu
Que eu voltarei, viu
Meu coração

Eu te asseguro não chore não, viu
Que eu voltarei, viu
Meu coração


Uma Homenagem da Revista Litoral Leste
Ricardo Costa (13/ 12/ 14)


Aquiraz: Padre Antônio Furtado leva multidão a Comunidade de Trairussu

Por Ricardo Costa, da Redação.


Trairussu viveu um verdadeiro espetáculo de fé católica. Na presença de muitos fiéis, O padre Antônio Furtado levou o povo a louvar, cantar e acima de tudo, adorar a Deus. Dando início a uma Missa animada e com grande ardor, o povo foi se rendendo na presença do Senhor Jesus. 








Na noite desta sexta-feira, 12 de dezembro, uma multidão de fiéis católicos e simpatizantes, se reuniram na Igreja de Santa Luzia, Trairussu (Aquiraz) para acompanhar a missa do Padre Antônio Furtado, nas comemorações da Padroeira Santa Luzia.

O carismático sacerdote, que também é cantor, radialista e diretor geral da Rádio AM 690 de Fortaleza (Rádio Shalom), ligado a Comunidade Católica Shalom emocionou o público com as pregações entre uma canção e outra.

As mensagens de fortalecimento da fé e valorização da família trouxeram além de paz interior, momentos de reflexão. “A missa dele faz a gente pensar na vida, no que a gente tem feito e faz a gente querer buscar a Deus”, disse uma espectadora.

Com inegável carinho, após a missa, o Padre Antônio Furtado desceu do palco e juntou-se a multidão, a quem atendeu para tirar fotos, ganhou abraços, apertos de mão, sorrisos, pedidos e agradecimentos.

Natal de Luz de Aracati começa no próximo dia 20

A segunda edição do  Natal de Luz de Aracati começa a partir do próximo Sábado (20) às 17h.
Neste ano  além das apresentações culturais na Praça Dr. Leite, um concerto Natalino com a Banda Municipal Jacques Klein, a presença de um coral e o Papai Noel chegará ao local em um helicóptero, depois de sobrevoar a cidade jogando pétalas de rosas.

Na Praça Dr. Leite, haverá distribuição de bombons, picolés, pipoca, algodão doce, suco, e entrega de 1.600 mudas de árvores frutíferas.

O Natal de Luz de Aracati acontece com realização de nossa Gestão, em parceria com a Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL, o  empresário Honório Pinheiro (Shopping Pinheiro), Cerâmica Armando Praça, Bradesco, Casa do Marceneiro, Super Estrela, Posto Doth, Rosamar, Super Damasceno, Posto Peixoto/Posto Dragão do Mar, Super Grill, entre outros.




Aquiraz: LANÇAMENTO / Placic lança empreendimento "pé na areia", próximo ao Beach Park

Seguindo o conceito "pé na areia", a Construtora Placic lança o Beach Way a 500m do Beach Park, em Aquiraz. O empreendimento terá 97 apartamentos distribuídos em cinco pavimentos, dois elevadores e vagas de garagem no subsolo, além de fachada 100% em cerâmica, e com todas as áreas comuns mobiliadas e decoradas.



Fonte: Frontstage – Jornal Opovo (12/ 12/ 14)

Aquiraz | Beberibe | Aracati: Estado ganha reforço de 136 MW de fonte eólica

O Complexo Eólico Faísa, inaugurado ontem, contou com um investimento total de R$ 540 milhões

Com investimento de R$ 540 milhões e potência total instalada de 136,5 megawatts (MW), foi inaugurado ontem o Complexo Eólico Faísa, localizado no município de Trairi, a cerca de 130 quilômetros de Fortaleza. O empreendimento é de responsabilidade da FIP-IE BB Votorantim Energia Sustentável I, II e III e Enerplan, empresa do grupo de energia gaúcho Oleoplan.

Do valor aplicado na construção do Complexo, R$ 391 milhões foram oriundos de linhas de fomento do Banco do Nordeste (BNB), Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) e Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Os investimentos são administrados pela Votorantim Asset Management.

Com consultoria técnica da Excelência Energética e tendo a MW Energia Renovável como originador e operador, o complexo é composto por cinco parques eólicos com 65 aerogeradores. A potência total representa cerca de 3% da potência eólica instalada em operação comercial no Brasil, conforme dados de outubro da Associação Brasileira de Energia Eólica (Abeeólica).

Subestação Pecém II

O equipamento entra em operação integrado à rede nacional, conectado à subestação Pecém II, da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), oferecendo energia de uma fonte limpa e renovável.

A estimativa dos controladores é que Faísa gere energia suficiente para atender à demanda de uma cidade com aproximadamente 300 mil habitantes.

"Nosso intuito maior é atrair, para o mercado de capitais, pessoas físicas dispostas a contribuir com empreitadas como essa que geram não só energia sustentável, mas emprego, renda, benefícios sociais e ainda reforçam o PIB de um Estado como o Ceará. Os cinco parques eólicos inaugurados têm capacidade de gerar energia para uma cidade de até 300 mil habitantes", afirma o gerente de Investimentos do Banco Votorantim, Luiz Sedrani.

Parques em operação

Segundo dados atualizados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), existem no Ceará 58 usinas eólicas em operação, sendo 13 em Trairi; 11 em Fortaleza; sete em Amontada; seis em Aracati; cinco em São Gonçalo do Amarante; quatro em Acaraú; três em Beberibe; três no Eusébio; duas em Aquiraz; duas em Paracuru; uma em Itarema; e uma em Camocim.

Capacidade

Considerando todas as fontes de energia, o Estado conta com 3.172.245,08 kW de capacidade instalada, 2,38% do total nacional (133.096.279,21 kW). O projeto foi adquirido em 2012 pelos fundos Votorantim (60%), em parceria com a Enerplan (40%), e é o primeiro investimento direto em usinas dos FIP-IE BB Votorantim Energia Sustentável I, II e III a entrar em operação.

Sustentabilidade

O Complexo Eólico Faísa materializa uma contribuição do setor financeiro no desenho e mobilização de capital para uma nova economia verde e o setor de Infraestrutura, sendo também uma excelente oportunidade aos investidores.

Levando em conta premissas de sustentabilidade, a energia gerada pelos projetos dos fundos é menos poluente, causa baixo impacto ambiental, contribui para uma matriz energética mais limpa e sustentável e tende a ser mais vantajosa para as empresas que utilizam esse tipo de energia, dado o custo dos insumos e incentivos na tarifa de transmissão.

Fundos de investimentos

Os Fundos de Investimento em Participações em Infraestrutura BB Votorantim Energia Sustentável I, II, e III têm cotas negociadas na BM&FBovespa e são dedicados ao setor de geração de energia sustentável. Destinados apenas a investidores qualificados, os fundos atingiram um patrimônio líquido de R$ 300 milhões em sua emissão primária, com mais de mil cotistas pessoas físicas. Hoje, esse patrimônio já atinge cerca de R$400 milhões.

Juntamente com o desenvolvimento dos parques eólicos, o Faísa destinou R$ 920 mil para seis projetos sociais, na comunidade do entorno, para promover o desenvolvimento sustentável da população local, em áreas como educação e saúde.


Fonte: Caderno Negócios – Diário do Nordeste (13/ 12/ 14)

Cascavel: Balanço com 12 acidentes e duas mortes nas rodovias cearenses

Em relatório divulgado pelas Polícias Rodoviárias Estadual (PRE) e Federal (PRF), das 6h da última quinta-feira, 11, às 6h desta sexta-feira, 12, ocorreram 12 acidentes, com quatro pessoas feridas e duas mortes. Destes, 10 foram registrados em rodovias estaduais.

Uma colisão entre um carro e uma moto, na CE-253, km 7, em Cascavel, provocou a morte de Luiz Capistrano de Souza Junior, condutor da motocicleta. O homem, que não possuía habilitação categoria A, para pilotar motos, caiu do veículo após o choque e foi atropelado.

Em Redenção, um veículo do tipo mobilete se chocou com um poste, levando uma pessoa à óbito. Ainda não há informações sobre a vítima.

Um veículo roubado foi recuperado às 9h da quinta-feira, 11. O flagrante aconteceu na CE-040, km 5.

A PRF registrou ainda 704 veículos fiscalizados, 236 autos de infração emitidos e 163 testes de bafômetro.


Fonte: Redação O POVO Online (12/ 12/ 14)

Campeonato Cearense de Xadrez 2014 é finalizado em Aracati






No último sábado, dia 06 de Dezembro de 2014, ocorreu a final do Campeonato Cearense de Xadrez Rápido e Blitz, em Canoa Quebrada, Aracati, com organização do aracatiense Mateus Diogo.

O Blitz foi pela parte da manhã e contou com 25 jogadores. Foram realizadas 9 rodadas, com tempo de reflexão de 5′ para relógios analógicos e 3’+2″ para relógios digitais.

O campeão dessa modalidade foi o MF Iung Pinheiro, tendo feito 9 pontos dos 9 possíveis. O vice-campeão foi Dawton Lemos, com 7,5 pontos. E em terceiro, com 7 pontos, ficou Aloisio Lopes. O Melhor Aracatiense foi Claudeney Paixão.

Já o Rápido teve início no meio da tarde e tivemos 33 participantes que jogaram 6 rodadas, com tempo de reflexão de 20′ para relógios analógicos e 15’+5″ para relógios digitais.

O MF Iung Pinheiro também levou o título de campeão do Rápido, com 5,5 pontos dos 6 possíveis. O vice-campeão foi Aleister Lennon, que fez 5 pontos e em terceiro, Matheus Cavalcante, com 4,5 pontos.

Teve também Marcos Antonio Freitas, como Melhor Aracatiense, Dawton Lemos, como Melhor Sub-18, Carlos Daniel, como Melhor Sub-15, João Marcus Brandão como Melhor Sub-12 e Sandryelle da Silva como Melhor Feminino.

Classificação Blitz:

Campeão: FM Iung Pinheiro 9/9
Vice-campeão: Dawton Lemos 7½
3o Lugar: Aloísio De Sousa Filho 7
Melhor Aracatiense: Claudeney Paixao 5

(24 participantes)

Classificação Rápido:

Campeão: FM Iung Pinheiro 5½/6
Vice-campeão: Aleister Lennon 5
3o Lugar: Matheus Ribeiro 4½
Melhor Aracatiense: Marcos Antonio Freitas 4½
Melhor Sub-18: Dawton Lemos 4½
Melhor Sub-15: Carlos Ferreira 2
Melhor Sub-12: João Marcus Brandão 3
Melhor Feminino: Sandryelle da Silva 1

(33 participantes)

Fotos: Claudia Aquino



Críticas e sugestões durante audiência para discutir Zona Azul em Aracati





Aconteceu na noite desta quinta-feira (11/12) no auditório do Colégio Marista, importante debate com a presença de representantes dos comerciantes, Guarda Municipal, DEMUTRAN – Departamento Municipal de Trânsito, Secretaria de Infraestrutura e Urbanismo – SEINFRA, Diretor do Demutran do Crato, Edilson Marques, que relatou as experiências com a implementação da Zona Azul há seis anos naquele município.

Na mesa de discussões; Sandro Guimarães (Jornalista), Chico Rocha (Chefe de Gabinete, representando o prefeito Ivan Silvério), Valdir Meneses (Vice-Prefeito), Armando Oliveira (Presidente da CDL – Câmara de Dirigentes Lojistas) e Tácito Forte (Vereador).


O objetivo da discussão foi tratar de assuntos relacionados ao caos que ficou o transito em Aracati, principalmente sobre a questão da falta de vagas para estacionamentos no centro da cidade.


A principal mudança será mesmo a discussão visando criar 150 vagas para zonas azul (rotativo) e marrom (carga e descarga), onde o Governo Municipal de Aracati se propõe a abrir licitação para que, a empresa vencedora seja a administradora dos setores de zonas Azul (rotativo para veículos e motos) e Marrom (carga e descarga). De acordo com a proposta inicial, a empresa administradora também repassaria 20% da arrecadação para o município.

Outra provável mudança prevista pelo DEMUTRAN está na inversão da mão única da Rua Cel. Alexandrino, mais conhecida como rua do comércio, que atualmente libera o sentido permitido para veículos na direção rodoviária/Igreja do Nicho e poderá passar a ser mão única a partir do sentido praias pela Rua Dragão do Mar, passando por trás da Igreja Matriz contornando pelo INSS e daí seguindo mão única até saída da cidade próximo ao Posto BR, assim evitando o grande fluxo de veículos, inclusive caminhões pela Rua Cel. Alexanzito (Rua Grande).

Participantes do evento também cobraram maior ação da SEINFRA para fiscalização e retirada de entulhos, agilizar transferência dos feirantes da Rua Agapito dos Santos, para local mais apropriado e assim liberar a via para o trânsito de veículos desobstruindo passagem dos veículos em vias de mão dupla.

Forte apelo para que o Governo Municipal procure solucionar um problema seríssimo na Rua Tabelião João Paulo, onde caminhões “pau de arara” estacionam antes das 07 horas da manhã, misturando-se às carroças e saindo destino ao interior somente após as 13 horas.

Também foi sugerido que em alguns pontos da cidade sejam criados estacionamentos inclinados com ângulo de 45° ou 90°, instalação de semáforos e foto sensores. Cobrar e fiscalizar que os permissionários de transportes coletivos cumpram horários determinados de embarque e desembarque sob risco de suspensão ou até mesmo a perda da permissão para operar as respectivas linhas.

Foi sugerido também um melhor reaproveitamento do espaço da Praça Adolfo Caminha (Praça da Comunicação) para reforma e adaptação, onde no horário comercial, o trecho seja utilizado para estacionamento central e a partir do final de tarde seja aproveitado como espaço para caminhada, praça com utilização de bancos e praça favorável ao lazer. Também no espaço seria construído um palco de alvenaria com camarins e coberto, para utilização em eventos religiosos ou populares e durante todo o dia as barracas instaladas sobre a praça continuariam funcionando sem qualquer alteração de suas atividades atuais.

Luis Nogueira e Rui Barbosa, da ASDECQ – Associação dos Empreendedores de Canoa Quebrada, também pediram para que o novo projeto fosse em conjunto para organização do transito não somente para a sede do município mas simultaneamente implementados em Canoa Quebrada, o principal destino turístico do Litoral Leste Cearense.

Ao final da reunião bastante participativa, o presidente da CDL, Aramando Oliveira, sugeriu que aconteça novo encontro ou audiência pública na própria Câmara Municipal de Vereadores, para aprimorar as discussões em busca da melhor solução visando desafogar o trânsito na cidade.

Fonte: Adaptação do texto de Sandro Guimarães




Copilado do site: www.aracati.ce

Aracati chega à Final do Cearense Sub 17 de Futsal




Em uma noite ímpar para o Futsal Sub 17 da cidade de Aracati, os meninos aracatienses entraram na quadra do Ginásio São Marcelino Champagnat (Ginásio Marista) com a incumbência de vencer no tempo normal a equipe do SESC Fortaleza, que tinha no banco de reservas dois extraordinários profissionais da categoria, ninguém mais do que Manoel Tobias, grande craque do Futsal, que vestiu inclusive a camisa da Seleção Brasileira e Abdel, este último passou por aqui defendendo o time do Aracati no Campeonato Cearense.

Mesmo com estes dois destaques no banco de reservas da equipe adversária, os jovens valores do Futsal aracatiense foram pra cima e empataram no tempo normal em 2 x 2.


O jogo valia uma vaga na final do Cearense Sub 17.


O SESC abriu o placar logo no primeiro tempo com um gol de Rayanderson, Aracati empatou e virou o jogo com dois gols do habilidoso Gabriel Jaguaruana, em seguida Rayanderson igualou o marcador, levando assim o jogo para a prorrogação com dois tempos de 5 minutos.

Por ter melhor campanha na competição o Aracati jogava pelo empate na prorrogação, como precisava vencer o jogo para passar à fase final da competição, o time do SESC passou a utilizar o goleiro linha, foi aí que em um erro no ataque do time adversário, o goleiro do Aracati, Daniel, tocou por cobertura, fez um golaço e deu a vitória ao Aracati de Futsal.


Aracati está na final do Cearense Sub 17 e enfrenta o Corpo de Bombeiros, que tem a melhor campanha da competição, não sabemos ainda a data da decisão nem tão pouco se teremos um ou dois jogos para se conhecer os futuros campeões.



Handebol de Aracati é a 2ª força no Ceará é o que mostra o Diário do Nordeste

Handebol: Multiplicação de mãos


Federação de Handebol comemora aumento no número de equipes, principalmente na participação do Interior 

Finais do Estadual de Handebol são atrações, dia 20/12, na quadra do CEU

tleta cearense Elaine Gomes, campeã mundial em 2013 com a seleção brasileira, que surgiu no time do Colégio Manoel da Silva, é apenas um dos vários exemplos de que o handebol pode produzir grandes frutos dentro do Estado



Sem a pretensão de comparar com a passagem bíblica da “multiplicação dos pães”, mas o handebol cearense experimenta um boom no Estado, com a multiplicação de equipes e praticantes.

O ex-árbitro da modalidade, Fabiano Lima, que é o atual comandante da Federação de Handebol do Estado do Ceará (FHEC), ratifica esse crescimento. Num papo com a reportagem do Diário do Nordeste, de cara, Fabiano, afirmou: “o handebol cearense cresceu, nos últimos dois anos, de forma gigantesca. Hoje, a gente tem, participando do Campeonato Cearense, mais de 140 equipes, em diversas categorias, do mirim até o master”.

O dirigente disse que na competição oficial “são nove categorias, em 18 naipes, com mais de 400 atletas e equipes de várias cidades do Estado. No total, temos mais de 40 municípios representados no Estadual”.

Aliás, o certame de handebol da FHEC deste ano, lembrou o seu presidente, teve início em março e terá as finais no dia 20/12, na quadra do CEU, da UFC, na Av. Da Universidade.

Feliz com a evolução do seu handebol, Fabiano ressaltou. “Hoje, temos uma realidade que não existe em local nenhum do Brasil. Nós temos quatro divisões no adulto masculino e três divisões no adulto feminino. A primeira divisão masculina conta com oito equipes; a segunda também tem oito; a terceira, 16; e a quarta divisão, aberta há pouco tempo na cidade de General Sampaio, com 12 times”.

Já entre as mulheres, prosseguiu o dirigente: “a primeira divisão conta com nove times; a segunda, com oito; e a terceira divisão também com oito”.

Gestão

Para o presidente da FHEC, esse boom do handebol no Estado se deve “à gestão realizada, hoje, na federação, voltada não só para a Capital, mas para o interior também. O handebol, hoje, funciona em todo o Ceará com o trabalho dos dirigentes, atletas e o apoio das prefeituras”.

Como exemplo de que o handebol do Interior está forte, Fabiano, salientou que “amanhã e no sábado haverá a disputa da Liga Nordeste adulto, na qual, das oito equipes classificadas para a fase semifinal – quatro no masculino e quatro no feminino -, o Ceará tem quatro times”.

E o mais interessante, falou o dirigente, “é que uma das equipes cearenses na briga pelo título da Liga NE é da segunda divisão do Estadual – o time da Liga Quixadaense de Handebol”.

Ascensão

Fabiano lembrou que, antes, o handebol da Paraíba era a principal força do esporte no Nordeste. “A Paraíba por muito tempo foi o Estado com um handebol muito forte, e ainda é uma força. A diferença é que hoje o Ceará está superando não só a Paraíba, como também outros estados”.

Atualmente, festejou Fabiano, “temos o time vice-campeão brasileiro feminino, o Fortaleza; equipe campeã brasileira universitária, time da Faculdade Ateneu, que ganhou o título dos JUB’s 2014, em Aracaju; e o time do Colégio Manoel da Silva terceiro na fase nacional das Olimpíadas Escolares deste ano, em João Pessoa”.

Além do crescimento do número de equipes e alto nível do Estadual, Fabiano, também ressaltou os destaques individuais.

“Nós temos a Elaine, campeã mundial com a seleção adulta, que surgiu no time do Colégio Manoel da Silva; o Nailson, atleta de Caucaia, que integra a seleção brasileira e mora em Pernambuco; Bárbara, da seleção brasileira juvenil, que está em São Paulo; Vaniele, da seleção brasileira júnior; Wendel, de Aracati, também da seleção júnior e que disputou o Mundial em 2013. Então, além da questão das equipes, temos muitos atletas na seleção brasileira. Isso mostra a potência que hoje é o handebol do nosso Estado”.


Escolas

O presidente da FHEC ressaltou que apesar da força do esporte no Interior, o handebol segue como uma modalidade tipicamente escolar. “O handebol ainda é um esporte tipicamente de colégio, ele começa na escola. Só que com a dificuldade da implantação desses projetos nas escolas, a gente partiu para o Interior, com as prefeituras. E aí o handebol se fortaleceu no contexto geral. E já estamos com novos projetos para 2015, para fortalecer mais ainda o handebol dentro de Fortaleza, como também na escola. E procurar parcerias com clubes para que o esporte na Capital tenha um crescimento proporcional ao que teve a modalidade no Interior”.

Saiba mais

Ressalva

O presidente da FHEC observou que o handebol na Capital não está fraco, pois há os times da Unifor, Fortaleza, Liga Desportiva do Montese entre outros. Mas o esporte no Interior conta com competições o ano todo, com presença de muitos torcedores

Finalistas


Itaiçaba e Irauçuba decidirão o título do campeonato masculino da 2ª divisão. No feminino, a briga pelo título será entre a Associação de Handebol de Quixadá e Irauçuba. E na 3ª divisão do masculino estão na final Instituto Federal (IFCE) e Granja

Calendário 2015

O dirigente da FHCE informou que o calendário do Estadual de Handebol para a próxima temporada ainda não foi elaborado

Moacir Félix
Repórter




Faculdade Faexpe chega ao Aracati

O núcleo administrativo Proex/faserra através do grupo educacional Faexpe, chega a Aracati trazendo para você a oportunidade do seu acesso a graduação através de processo seletivo gratuito, que será realizado no dia 17 as nove da manhã no colégio Arco Iris para os cursos de , Administração-Letras-História-Biologia-Pedagogia-Matématica-Educação Física-Serviço social e Ciências contábeis, além dos cursos técnicos de enfermagem e segurança do trabalho.

A faculdade Faserra é credenciada pela portaria Ministerial 1671 inscrita no CNPJ 28.167.765/0001-30 através do sistema Praex (programa especial de extensão) buscando incessantemente levar a todos a oportunidade de ingressar em uma faculdade com preço acessível e com a máxima qualidade de ensino.

Hoje mais forte com seu núcleo administrativo Faexpe e suas parcerias lhe dando total credibilidade perante o MEC (ministério da educação).

Maiores informações com Albertina e Leandro dias no fone (88)9999-0000


Aracati: ASDECQ publica nota cobrando apoio do Município sobre decoração Natalina

A associação dos empreendedores de Canoa Quebrada (ASDECQ) soltou uma nota na tarde desta sexta-feira (12) pedindo maior atenção com a temporada de férias e decoração natalina da praia que é o maior cartão postal do Município de Aracati.

Segundo a associação, há mais de oito anos a Praia recebe apoio do Município para as decorações natalinas, entre pinturas de meio fio, enfeites, limpeza especial e a festa do Réveillon. Ainda segundo a nota esse ano de 2014 nem mesmo a iluminação pública da Broadway principal rua do bairro está tento.

Veja abaixo a nota publicada no  face da associação.

Caro Prefeito Ivan Silverio . Temos sido questionados sobre os enfeites natalinos na Rua da Broadway em Canoa Quebrada. Há mais de oito anos Canoa Quebrada recebe apoio municipal para iniciar a temporada de férias com pinturas de meio fio, enfeites natalinos limpeza especial, festa de Réveillon etc. Este ano, diferente dos passados como demonstra as fotos, sequer temos iluminação publica na Broadway. Aplaudimos e somos parceiros da gestão em todas as iniciativas corretas, mas não podemos deixar que o que vinha dando certo e crescendo suma de repente. Pedimos mais atenção e carinho com Canoa Quebrada, acreditamos senhor prefeito que contribuímos muito para o desenvolvimento de  Aracati.

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Cascavel: Com 41% dos votos, Romero Ribeiro vai para a semifinal no The Voice

O único representante do Ceará se fortalece na reta final do programa e garante vaga na próxima fase

Romero Ribeiro, 29, conquistou mais uma vez o público e garantiu vaga na semifinal do The Voice Brasil ao conseguir 41% dos votos. Desta vez, o artista apresentou "Mineirinho", sucesso na voz de Alexandre Pires, no grupo Só Pra Contrariar.

O sambista disputou com dois outros músicos do time de Carlinhos Brown, que também optaram por cantar sambas. Rose Oliver ficou com a segunda vaga do time e Joey Mattos saiu da disputa. 

Antes das apresentações do time de Brown, do qual o sambista faz parte, o técnico ressaltou o poder dos telespectadores em mais uma fase da competição: "o público vem conduzindo da melhor forma possível a escolha dos finalistas". O cantor Daniel também parabenizou o bom humor de Romero

Em mais uma noite de shows, o morador de Cascavel cantou demonstrando gingado junto ao grupo de dançarinas. Romero sambou e guardou a tão famosa rosa, que costuma ofertar ao público durante a apresentação, mostrando-a somente após o resultado da sua classificação. 

Agora, há somente mais uma etapa de shows separando Romero Ribeiro da grande final, a ser realizada no próximo dia 25. 


Fonte: Caderno Zoeira (Online) – Diário do Nordeste (12/ 12/ 14)

Aracati: Ponte deve ficar pronta até o Carnaval

A ponte tem uma função estratégica de ligação a importantes destinos turísticos do Litoral Leste do Ceará
O atraso nos trabalhos foi motivado por uma diversidade de problemas  
FOTOS: ELLEN FREITAS

O que vem chamando atenção são as obras de duplicação da CE-040, que liga o município de Aracati a Beberibe, no entorno da ponte
Mais uma alta temporada turística chega e continua a pendência de finalização da duplicação da Ponte Juscelino Kubitschek, na BR-304, sobre o Rio Jaguaribe, em Aracati. A espera pela finalização da obra vem de 2002, quando os primeiros pilares foram construídos. De lá para cá se passaram 12 anos de transtornos, principalmente nas festas de fim de ano e de Carnaval, já que Aracati é o principal destino turístico do Litoral Leste cearense.

As expectativas para a conclusão do projeto, entretanto, estão renovadas. Uma nova licitação foi realizada e as obras se encontram em andamento desde o último mês de setembro. Desta vez estão sendo gastos mais de R$ 6,7 milhões. Se não houver atrasos ou paralisações, como historicamente ocorreu nas tentativas anteriores de dar continuidade à obra, tudo deverá ficar pronto no dia 5 de fevereiro do ano que vem, antes do Carnaval. O remanescente a ser executado é de aproximadamente 17% da obra, que estava parada desde o início deste ano.

Atualmente os motoristas precisam trafegar com atenção redobrada em uma das duas pontes, que foi liberada ano passado. Moradores da comunidade de Pedregal, ao lado da ponte, têm reclamado da falta de segurança na área, devido ao local não ter iluminação e não oferecer segurança para os pedestres.

"Já passou muito tempo, espero que dessa vez saia. Quando retomam, a gente cria expectativa, mas vai ficando para depois. Então, agora só vou comemorar quando tiver acabado", desabafa a dona de casa Maria do Rosário.

A Ponte JK foi inaugurada em 1959, sendo uma das obras mais importantes para Aracati na época. Ao passar dos anos, o município foi fortalecendo sua vocação turística, aumentando o fluxo de visitantes em seu litoral e a travessia estreita da ponte antiga não oferecia mais segurança. Foram inúmeros acidentes registrados no local, o mais grave dele ocorreu em 1991, quando um ônibus da empresa Expresso de Luxo, que vinha de Recife, em Pernambuco, com destino à Fortaleza caiu do alto da ponte após o motorista tentar manobrar para desviar de uma carroça. O acidente, que ocorreu num sábado de Carnaval, deixou 36 mortos e 12 sobreviventes.

No anos de 2000 foi realizada a primeira licitação para restauração e duplicação da ponte, após a entrega de um relatório, no ano anterior, ao antigo Departamento Nacional de Estradas de Rodagem (DNER), hoje Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (Dnit), constatando ser preciso construir uma nova estrutura, além de reformar e alargar da obra anterior. Na época, a obra foi orçada em R$ 11 milhões.

Em 2001, foram liberados os primeiros R$ 7 milhões, A obra, porém, foi paralisada por falta de licenciamento ambiental. Após tramitação junto aos órgãos ambientais e com a licença concedida, empresa desistiu do serviço. No ano seguinte, em 2002, foram liberados os outros R$ 4 milhões e os trabalhos foram novamente paralisados por "falhas contratuais", deixando o projeto parado por mais três anos. Neste ano, houve uma série de denúncias de escândalos envolvendo a empreiteira Delta, responsável pelo serviço. Em 2005 foram alocados R$ 10 milhões para duplicação, que ficaria ao cargo do Exército Brasileiro, que também desistiu. Em 2006, o Dnit anunciou conclusão em 18 meses e custo de R$ 29,2 milhões, mas os prazos não foram cumpridos. Em 2008, houve vistoria e denúncia do Ministério Público, resultando no reinício. Em agosto de 2010, o Dnit afirmou que ponte seria concluída no fim daquele ano.

No mês seguinte, em setembro, outro acidente grave foi registrado, porém sem vítimas fatais. Um caminhão desgovernado com placas de Santa Maria, cidade do Rio Grande do Norte, atingiu alguns veículos e por pouco um deles não caiu no rio. A nova ponte não estava concluída para tráfego e a travessia ainda era realizada na estrutura antiga. Em 2011, a nova ponte foi liberada para o tráfego, mesmo sem oferecer segurança.

Da data da liberação, pouco foi avançado nas obras, até hoje. Com uma nova licitação e novos investimentos, espera-se que a problemática se aproxima de seu desfecho. Ao longos dos últimos 12 anos, o montante de recursos estimados para a Ponte JK, somaram mais de R$ 47 milhões.

Timidamente a obra vem sendo concluída. No momento, algumas estruturas de ferro estão sendo montadas para finalizar o trecho da ponte. Em seguida serão construídas as adequações para a segurança.

O que vem chamando atenção, na verdade, são as obras de duplicação da CE-040, que liga o município de Aracati a Beberibe. Esta segunda obra está, no momento, sendo realizada no entorno da ponte. Para o diretor da Associação de Empreendedores de Canoa Quebrada (Asdeq), Rui Barbosa, a tão esperada conclusão das obras, tanto da ponte quanto da duplicação, irá impulsionar o turismo na região. "Estamos com boas expectativas que isso seja concluído. É um benefício, não só para Aracati, mas para todo o litoral leste. Esperamos que seja finalizado dentro da normalidade", conta.

Ellen Freitas
Colaboradora


Fonte: Caderno Regional – Diário do Nordeste (12/ 12/ 14)

Aquiraz | Icapuí: Administração Pública representa 75% do PIB do CE

Estudo sobre o PIB Municipal também revela o peso da administração pública no PIB. No Ceará, a participação da administração, saúde e educação públicas e seguridade social era de 75% do PIB em 2012. Além disso, cresceu a participação dos municípios cearenses entre os que com menor PIB no país, de 15% para 17%.


Ainda em relação ao PIB per capita dos municípios cearenses, três municípios da Região Metropolitana de Fortaleza lideram ficam à frente da capital. São eles: São Gonçalo do Amarante, com R$ 31.896, Eusébio (R$ 29.327) e Maracanaú (R$ 22.445). Fortaleza tem PIB per capita de R$ 17.360. Seguindo a ordem decrescente vem Horizonte, Aracati, Sobral, Aquiraz, Paracuru, Icapuí e


O grupo dos municípios (80) do Ceará com os menores per capita entre todos municípios do Brasil é puxado pelos municípios de Mulungu, com renda per capita de R$ 4.628, Antonina do Norte, Milhã, Mauriti, Paramoti, Acopiara, Irauçuba e Ererê. Catarina, na região dos Inhamuns, tem a pior renda por habitante (R$ 3.312).


O IBGE destaca movimentos mais expressivos da economia, considerando o biênio 2011-2012. A análise de ganhos e perdas na participação percentual do PIB de 2012 em relação a 2011 foi realizada considerando os municípios que geravam pelo menos 0,5% do PIB nacional. Fortaleza aparece entre os 24 municípios que se enquadravam nessa categoria, com 1%, resultado que mantém desde 2009. (Artumira Dutra)

Fonte: www.opovo.com.br/

Aracati: Capitania dos Portos realiza operação de segurança no litoral cearense

O objetivo é conscientizar os condutores de embarcações, garantir a segurança dos banhistas e intensificar a fiscalização das atividades náuticas

Foto: José Leomar

A Capitania dos Portos do Ceará (CPCE) lançou, oficialmente, na manhã desta quinta-feira (11), a Operação Verão 2014/2015. O objetivo é conscientizar os condutores de embarcações, garantir a segurança dos banhistas e intensificar a fiscalização das atividades náuticas no Estado. 

A operação seguirá até março do próximo ano e contará com cerca de 160 oficiais da Capitania dos Portos e das agências de Camocim e Aracati. Ao todo, 10 viaturas e 8 lanchas farão a segurança no litoral cearense. 

Durante as ações de 2013, a Capitania realizou cerca de 380 abordagens e inspecionou 1173 veículos. A expectativa é que o número seja reduzido neste ano. 

Segundo o capitão dos Portos do Ceará, capitão Marcelo Campbell, os proprietários de embarcações devem conduzir com responsabilidade para evitar acidentes e estar atentos asNormas de Segurança do Trafego Aquaviário. 

"Algumas normas devem ser seguidas à risca por quem conduz embarcações. Quem for dirigir, não pode ingerir bebida alcoólica e deve estar em dias com as documentações, tanto do próprio motoristas, como do veículo. A população também tem um trabalho importante nas denúncias de irregularidades", ressalta o capitão.

Denúncia

Para realizar denúncias de irregularidades em lagoas, açudes e no mar as pessoas podem entrar em contato com o Serviço de Emergência Marítima, pelo número 185 ou com a Capitania do Portos do Ceará, no (85) 3133-5100. Os telefones funcionam 24h por dia. 


Fonte: Caderno Cidade (Online) – Diário do Nordeste (11/ 12/ 14)