sábado, 25 de março de 2017

Pindoretama: Coordenador de intervenção em Alcaçuz (RN) morre em acidente no Ceará

Acidente aconteceu nesta sexta-feira (24) no município de Pindoretama. Francisco Klemberg Moreira Batista bateu carro em poste na CE-040.
Imagem: tribunadonorte.com.br
Um agente penitenciário federal morreu no início da tarde desta sexta-feira (24) em um acidente de trânsito em uma rodovia estadual do Ceará, nas proximidades da cidade de Pindoretama, na Grande Fortaleza.

Agente de execução penal, Francisco Klemberg Moreira Batista era um dos coordenadores da Força Tarefa de Intervenção Penitenciária – ação que vem sendo realizada na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, maior presídio do Rio Grande do Norte.

Carro conduzido pelo agente bateu em um poste, que tombou à margem da CE-040 (Foto: PM/Divulgação)
Segundo a Polícia Rodoviária Federal, que confirmou o acidente, o veículo conduzido pelo agente colidiu em um poste. Batista morreu ainda no local.

Na manhã desta sexta, antes de viajar, Batista falou com o G1 sobre a ação que a equipe da Força Tarefa vem desenvolvendo em Alcaçuz. Foi o próprio coordenador, inclusive, quem divulgou o resultado de uma operação de revista realizada ao longo dos últimos quatro dias na penitenciária.

 

 

Fonte: http://g1.globo.com/rn/

Aracati: Aeroportos regionais do Ceará ganham sistema que aumenta segurança dos voos

Imagem meramente ilustrativa retirada do Google Imagens
Serão investidos R$ 14,4 milhões na implantação de estações prestadoras de serviço em dois aeroportos do estado
Os aeroportos de Aracati e Jijoca de Jericoacoara, no Ceará, ganharão, cada um, uma Estação Prestadora de Serviços de Telecomunicações e de Tráfego Aéreo (EPTA).

A EPTA é uma sala com operadores, habilitados pela Aeronáutica, que transmitem informações de voo aos pilotos. Além de melhorar as condições de pousos e decolagens das aeronaves, garantem mais segurança às operações e navegação aérea dos terminais.

O Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil autorizou, nesta semana, investimentos para implantação dos sistemas. 

Com a autorização, o governo estadual já pode assinar a ordem de serviço para início das obras. No aeródromo de Aracati, serão investidos R$ 2,14 milhões para implantação do sistema, e em Jijoca de Jericoacoara, serão R$ 12,27 milhões.

No segundo caso, os recursos cobrem também a construção de vias de acesso e mobiliários. A previsão é que tudo seja entregue até o fim do 2º semestre de 2018.

“Esses investimentos vão ampliar a área coberta por serviços de aviação em todo o País e não se limitam apenas a intervenções estruturais. Eles garantem qualidade e prontidão operacional”, pontua o assessor especial do Ministério dos Transportes, Dario Lopes.


Investimento em infraestrutura

No início do mês, o aeródromo de Vitória da Conquista, na Bahia, concluiu as obras da pista de pouso e decolagem, pátio de aeronaves, cerca e balizamento noturno.

A União investiu R$ 47,7 milhões no projeto. O valor total, com contrapartida estadual, foi de R$ 53 milhões. Com a entrega, o ministério concluiu a primeira etapa de obras no aeroporto.

A segunda etapa consiste na execução das obras do Terminal de Passageiros (TPS), no valor de R$ 45 milhões. “Já demos início aos estudos de sondagem de solo no local a ser construído o TPS e a previsão é que as obras sejam entregues no segundo semestre de 2018”, afirma Lopes.

Além disso, estão previstos a aquisição e instalação dos equipamentos de auxílio à navegação, complemento da cerca operacional, reservatórios de água, iluminação de via de contorno, mobiliários e equipamentos, iluminação do pátio de aeronaves e implantação de redes de telecomunicações.

Redação O POVO Online 



Aracati: S Cidades disponibiliza Consulta Pública para Processo de Elaboração de Planos de Mobilidades Urbana

Imagem meramente ilustrativa retirada do Google Imagens

A Secretaria das Cidades e os municípios de Sobral, Coreaú, Forquilha e Aracati disponibilizam, a partir desta sexta-feira (24) até o dia 17 de abril,  os “Relatórios de Levantamento de Informações” dos referidos municípios para consulta pública. A partir das consultas, a população pode contribuir enviando críticas e sugestões aos documentos, que serão parte integrante dos Planos de Mobilidade Urbana dos municípios.



A ação é coordenada pelo Programa de Desenvolvimento Urbano de Polos Regionais - Vale do Jaguaribe e Vale do Acaraú, executado pela Secretaria das Cidades, através de contrato de empréstimo com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), e atende a Lei Federal nº 12.587/2012, que Institui as diretrizes da Política Nacional de Mobilidade Urbana.



O levantamento de informações corresponde a primeira etapa de elaboração dos Planos de Mobilidade Urbana. Para participar, os interessados podem contribuir através do e-mail planmob.idom@gmail.com . Os relatórios podem ser acessado no site da Secretaria das Cidades através do link: https://goo.gl/Ouo2JZ



Planos de Mobilidade Urbana


A SCidades está investindo R$1.558.781,01 na elaboração dos planos dos municípios de Sobral, Coreaú, Forquilha e Aracati, e é responsável por fazer a gestão técnica e financeira de todo o processo, além de acompanhar os estudos, análises e trabalhos de campo. Já os municípios envolvidos tem a função de acompanhar os trabalhos de campo, disponibilizar dados e informações, mobilizar seu corpo técnico, apoiar a realização de audiências públicas e validar os produtos para posteriormente submeter ao legislativo o projeto de lei, instituindo o plano de mobilidade urbana do município.



24.03.2017

Assessoria de Comunicação da Secretaria das Cidades
(085) 3207.5249
(085) 3207.5254
(085) 98603.0556



Aquiraz | Cascavel | Aracati: STDS expõe projeto das Areninhas a 31 prefeituras municipais

Imagem meramente ilustrativa retirada do Google Imagens

Promover e estimular uma nova dinâmica social e a integração familiar nos municípios, a partir do esporte e do lazer, são alguns dos objetivos do projeto dos Centros de Esporte para Futebol – Areninhas, que o governo do Estado, por meio da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento (STDS), pretende construir em parceria com as prefeituras de 31 municípios cearenses. Na manhã desta quinta-feira, 23 de março, o titular da Pasta, Josbertini Clementino realizou reunião técnica com prefeitos e gestores públicos dessas cidades para apresentação dos critérios de seleção, prazos de adesão e valores de contrapartida de cada prefeitura para execução das Areninhas.



“A escolha dos municípios participantes foi feita de acordo com nota técnica do IPECE e tem como base o tamanho da população de 15 a 29 anos de idade da zona urbana”, explicou Josbertini. Segundo ele, os recursos estimados à construção de cada Areninha serão entre R$ 1,5 milhão e R$ 2 milhões, cabendo 80% ao Estado e 20% às prefeituras. As Areninhas serão financiadas com recursos do Programa de Apoio às Reformas Sociais (Proares III), licitadas e construídas pela STDS, com acompanhamento do DAE (Departamento de Arquitetura e Engenharia do Estado do Ceará).




Campo de Várzea



Conforme explicou Josbertini, as Areninhas seguirão o modelo das implantadas em Fortaleza, contemplando espaços públicos urbanizados com gramado sintético, bancos de reserva, alambrados, rede de proteção, vestiários, depósito para materiais esportivos, iluminação, rampa de acesso para cadeirantes, paisagismo e pavimentação. Para tanto, os terrenos, que deverão ser cedidos pelas prefeituras, terão área média de 95 m x 73 m e os campos esportivos de 85 m x 60 m, de preferência em área de várzea, mas na sede do município.



“Pedimos a todos sejam ágeis no processo de adesão, cujo prazo será até o dia 23 de abril próximo”, destacou o secretário aos prefeitos presentes, lembrando que o governador tem pressa na realização desse projeto, por entender a importância social das Areninhas para as comunidades do interior cearense. “É muito importante que esses terrenos estejam desembaraçados jurídica e ambientalmente, para que evitemos atrasos na elaboração e licitação dos processos”, destacou o superindetende do DAE, Sílvio Campos.



Os 31 municípios selecionados inicialmente pelo Ipece são Acaraú, Aquiraz, Aracati, Barbalha, Camocim, Canindé, Cascavel, Caucaia, Crateús, Crato, Eusébio, Horizonte, Icó, Iguatu, Itaitinga, Itapajé, Itapipoca, Juazeiro do Norte, Limoeiro do Norte, Maracanaú, Maranguape, Morada Nova, Pacajus, Pacatuba, Quixadá, Quixeramobim, Russas, São Gonçalo do Amarante, Sobral, Tauá e Tianguá.




Expansão de Serviços



O Governo do Estado, por meio da STDS, e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) investirão US$ 71,428 milhões em obras e projetos sociais em todo o Ceará, por meio do Proares III. Do valor total do financiamento, US$ 50 milhões serão custeados pelo BID e os outros US$ 21,428 milhões serão a contrapartida do Estado.



O Proares III promoverá a expansão de serviços sociais com a construção de duas unidades de internação para jovens em conflitos com a lei, uma Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), uma Unidade de Acolhimento para Idosos, um Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS Regionalizado), 40 Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e 39 Centros de Educação Infantil (CEI), além de construção e equipamento de 39 quadras poliesportivas e quatro Centros de Esportes.



O Programa também irá fomentar a inserção produtiva e a promoção do emprego por meio de agências para atendimento integral do trabalhador e da promoção de cursos de capacitação em várias áreas. Além disso, promoverá o fortalecimento institucional a partir da promoção de cursos de especialização, mestrado e doutorado para gestores e técnicos do Estado.



Especificidades
Área média
95m x 73m
Campos esportivos
85m x 60m
Localização
Preferência por área de várzea, mas na sede do município
Composição
Espaços públicos urbanizados com gramado sintético, bancos de reserva, alambrados, rede de proteção, vestiários, depósito para materiais esportivos, iluminação, rampa de acesso para cadeirantes, paisagismo e pavimentação.




23.03.2017
*Fotos: Rogério Rodrigues/STDS
Assessoria de Comunicação e Eventos
Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social - STDS
Jornalista responsável: Carlos Eugênio
Celular: (85) 98878.8510
Fone: (85) 3101.2089 / 2099
E-mail: imprensa@stds.ce.gov.br
Facebook: www.facebook.com/stdsce
Twitter: www.twitter.com/stdsonline



Fortim: Atenção!!! Programação completa de Shows e Atividades da Semana do Município 2017.


quarta-feira, 22 de março de 2017

Corregedoria da Justiça inspeciona Varas da Comarca de Aracati


A Corregedoria-Geral da Justiça do Ceará iniciou, nesta terça-feira (14/03), os trabalhos de inspeção na Comarca de Aracati. Estão sendo fiscalizadas as 1ª, 2ª e 3ª Varas. Tramitam nas respectivas unidades um total de 8.745 processos. As atividades seguem até esta quarta (15). Durante a semana também serão inspecionadas as comarcas de Fortim e Cascavel.

Os trabalhos estão sendo supervisionados pelo corregedor-geral da Justiça, desembargador Francisco Darival Beserra Primo, e realizados pelo juiz auxiliar Henrique Lacerda de Vasconcelos. O magistrado verifica a tramitação dos processos físicos, observa os prazos, bem como a regularidade dos demais exercícios judiciários e administrativos. O objetivo é tornar mais célere a apreciação das ações.

Em caso de alguma irregularidade, são tomadas as providências necessárias para a regularização e aperfeiçoamento dos serviços judiciários. O cronograma das inspeções judiciais dos meses de março e abril consta na Portaria nº 11/2017, publicada no Diário da Justiça do dia 23 de fevereiro.



Aquiraz | Pindoretama | Cascavel: Bilhete Único Metropolitano alcança 56 mil passageiros cadastrados


O Bilhete Único Metropolitano, em vigor desde junho de 2016, já tem 56 mil passageiros cadastrados, que moram em 14 municípios da Região Metropolitana de Fortaleza, e já realizaram mais de 3,5 milhões de viagens até março de 2017. Trata-se de um programa do Governo do Estado, por intermédio da Secretaria das Cidades e do Detran, órgão responsável pelo gerenciamento e fiscalização do sistema de transporte intermunicipal rodoviário de passageiros.


O passageiro que faz a integração da linha de ônibus metropolitano com a linha de ônibus urbano de Fortaleza, e vice-versa, tem uma economia diária de R$ 4,00, nos dois trechos, ida e volta. O desconto só se efetiva quando a integração é concretizada. Com o uso diário do Bilhete Único Metropolitano, a economia por passageiros é de R$ 120,00
por mês.


São beneficiados do Bilhete Único Metropolitano os moradores de 14 municípios da Região Metropolitana: Aquiraz, Caucaia, Cascavel, Chorozinho, Eusébio, Guaiúba, Horizonte, Itaitinga, Maracanaú, Maranguape, Pacajus, Pacatuba, Pindoretama e São Gonçalo do Amarante.


Para ter direito ao desconto, o interessado deve fazer o cadastro nos postos fixos das 8h às 17h, mediante entrega dos seguintes documentos (original e cópia): Identidade, CPF e comprovante de endereço. O usuário recebe um boleto bancário para providenciar a primeira carga de crédito no valor de R$ 7,20.


Há oito pontos fixos de cadastramento, onde os moradores dos 14 municípios podem fazer o seu cadastro: cinco em Fortaleza (Praça José de Alencar, terminais de Parangaba e Antônio Bezerra, Vapt-Vupt de Messejana e sede do Sindiônibus; um em Maracanaú (North Shopping) e um em Caucaia (Praça Fausto Dário Sales). E na sede da unidade de
atendimento do Detran em Maranguape, na Avenida Stênio Gomes, Parque Iracema.



13.03.2017

Gerência do Núcleo de Imprensa e Comunicação do Detran-CE
Paulo Ernesto Serpa
(85) 3101.5813/5819/5823
(85) 98739-4259
paulo.ernesto@detran.ce.gov.br 




Fonte: Governo do Estado do Ceará

Cagece promove melhoria no abastecimento de Beberibe


A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) finalizou obra de reforço no abastecimento em Beberibe. O município que era abastecido anteriormente apenas pelo açude Mal Cozinhado, localizado em Cascavel, hoje conta com mais uma fonte de captação que consiste em quatro novos poços, instalados na lagoa de Uberaba. Para executar os serviços, a Cagece investiu cerca de R$ 78 mil reais.

A melhoria proporcionou um aumento de vazão de 40 m³/h para o município. O incremento no volume de água representa mais de 100% da vazão da cidade, que antes era abastecida com apenas 30 m³/h.

“Com este avanço, o município se encontra com abastecimento normal. Desde o período de carnaval, não há reclamações de falta d’água na região”, afirma o gerente da Unidade de Negócio da Bacia Metropolitana da Cagece, Hamilton Sales.

Os poços que reforçam o abastecimento de Beberibe contam uma casa de bombas e um local para abrigar a subestação, permitindo melhor captação da água na lagoa Uberaba e garantindo maior segurança aos equipamentos.



Fonte: Governo do Estado do Ceará | http://www.oestadoce.com.br

PRIMEIRO GRANDE SHOW CONFIRMADO. AGORA É OFICIAL!!!

Uma noite de muito louvor e adoração para comemorar o aniversário da nossa Cidade. Grande show evangélico com a Cantora Eyshila.
#GovernoDeFortim
#ShowGospel
#Eyshila
#Compartilhe
#FortimCE



ACABOU A ESPERA, COMPARTILHE POR QUE AGORA É OFICIAL!!!


O aniversário de 25 ANOS da nossa cidade terá outro grande show. E para abrilhantar a festa tem a #Fenomenal Márcia Fellipe e Luis Marcelo e Gabriel #euvoucomlmeg.


VEM LOUVAR FORTIM 2017. NÃO PERCA ESSA GRANDE FESTA CATÓLICA!!!


Mais um grande show confirmado, e dessa vez a Festa Católica fica por conta do grande Naldo José - Forró in Deus. Iniciaremos com uma linda Missa, em seguida, muito louvor e adoração. Curta e Compartilhe!!!
#Fortim25Anos
#ShowCatólico
#NaldoJosé
#FortimCe
#UmaNovaHIstória


domingo, 19 de março de 2017

Pindoretama: A tradicional Missa de São José esse ano será amanhã (Dia 20/ 03)


O Dia de São José é 19 de Março, mas este ano a data caiu em um domingo da Quaresma. Por essa razão, em respeito a este tempo especial, a Igreja recomenda que a festividade do nosso padroeiro (do Ceará) seja celebrada no dia seguinte, ou seja, dia 20.

Mais informações:

Data: 20/ 03/ 2017 (Segunda-feira)
Horário: 05:00h.
Local: Centro Cultural de Pindoretama.

São José (Nicodemos Costa)
  
São José, eu queria ser como tu homem santo,
homem de fé que agradou a Deus.
São José, tu obedecestes ao Pai
e acolhestes como precisão a mãe do Salvador.

(Refrão)
Ah! São José! Homem casto, homem fiel,
a tua pureza, eu quero ter, para agradar a Deus.
Quando o anjo aparecia e em sonho a ordem vinha,
tu cuidava em cumprir.
Ah! que firmeza de vontade, tu amavas na verdade,
esquecendo-te de ti.
São José, tu cuidavas do pequinino Deus,
hoje em dia ele cresceu vem cuidar de mim.
Toma-me pelas mãos da tua oração
e me entrega ao teu Jesus, quero amá-lo sim.


(Refrão)
Ah! São José! Homem casto, homem fiel,
a tua pureza, eu quero ter, para agradar a Deus.

Cascavel: Residência Artística Moita Redonda


Beberibe: Aluga-se casa para temporada em Morro Branco

Casa em Morro Branco
Venham passar finais de semana, feriados, realizar seus eventos em uma casa ampla, perto de uma das praias mais bonitas do litoral leste, Morro Branco – Beberibe - CE. Aluguel acessível as suas condições. Contatos: Prof: Sula, (85) 996739005.










sexta-feira, 17 de março de 2017

Aniversário de Fortim - Programação de Atividades Esportivas.


SÁBADO - 25 de Março.


CORRIDA DE RUA - Concentração na praça do Pontal de Maceió - 7:00hs. 

CICLISMO - Concentração na praça do Pontal de Maceió - 8:00hs.

FUTEBOL FEMININO - Evento realizado no Canto da Barra - 8:00hs.

FUTEVÔLEI - Evento realizado no Canto da Barra - 9:00hs.




DOMINGO - 26 de Março.


FUTEBOL MASCULINO - Evento realizado no Canto da Barra - 8:00hs.

FESTIVAL DA PESCARIA - Concentração na Barraca Zé de Dodô - 10:00hs.

TRAVESSIA DO RIO - Concentração na Barraca Zé de Dodô - 10:00hs.

ATENÇÃO: TODAS AS MODALIDADES SERÃO PREMIADAS COM TROFÉU, MEDALHA E QUANTIA EM DINHEIRO. PARA MAIS INFORMAÇÕES PROCURAR O DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE ESPORTES.



Fonte: https://www.facebook.com/GOVERNODEFORTIM/?hc_ref=NEWSFEED

quinta-feira, 16 de março de 2017

Beberibe: O paraíso do kitesurf


É chegada a hora de sair de Aquiraz e seguir rumo a Uruaú, Beberibe. Lá, o céu, além do azul, é composto pelas várias cores de pipas. Não aquelas de papel de seda, mas de um material resistente, tipo para-quedas, forte o bastante para suspender uma pessoa apenas com a força dos ventos.



“O Ceará, no mundo do kitesurf, é um paraíso. É o melhor lugar para praticar o esporte, porque tem mais de 500 km de costa, ventos constantes – de julho a fevereiro – e a água do mar é quente, com temperatura sempre agradável. Então, todos querem fazer kite aqui”.

A afirmação é de Gigi Romano, italiano apaixonado pelo kitesurf que largou tudo para viver do esporte. “Trabalhava, na Itália, com outro negócio. Um bar. Conheci o kitesurf nas Ilhas Canárias. Vendi meu bar, voltei pra lá e montei uma escola de atividades. Em 2007, vim pra cá. Na época, não tinha muito praticante, mas agora vem turista o ano todo”.

Agosto e dezembro é a temporada dos italianos, por conta das férias. Já setembro, outubro e novembro há uma maior variação entre os turistas: “vem gente da Suíça, Alemanha, França. Até Noruega! Alguns americanos e também o turista brasileiro, do sul. Já o cearense vem aqui sempre, no fim de semana”.

Gigi conta que o que mais gosta em Uruaú é “da tranquilidade da natureza e da segurança do lugar, que é diferente das cidades grandes”. Ele administra e organiza a ProKiteBrasil, lojinha e escola de kitesurf. Devido ao ritmo sossegado de trabalho, dá até pra separar uma ou duas horas por dia para velejar. O que mais se poderia querer da vida?

Serviço

ProKiteBrasil
Rua da Praia, 1 – Uruaù
prokitebrasil.com
info@prokitebrasil.com



Aquiraz: “Sou uma índia apaixonada / Apaixonada por minha terra”




São com esses versos que Maria de Lourdes da Conceição Alves, mais conhecida como Cacique Pequena, prende a atenção de quem passa para conhecer a aldeia da tribo Jenipapo-Kanindé, nos arredores da Lagoa da Encantada. “Nós somos filhos nativos da terra. A sétima geração! E tenho muito orgulho de ter essa herança dos meus pais”.

Pequena é a primeira cacique mulher do Ceará. Virou cacique porque, desde muito cedo, começou a lutar pela causa indígena. “Antigamente, a gente não era reconhecido como índio, mas como ‘os cabeludim da Encantada’. Comecei essa luta, na década de 1980, para que os índios defendessem eles mesmos. Porque eles dormiam no tempo. Foi aí que levantei a bandeira e disse que ia trabalhar por esse povo”.

Onze anos depois vieram os pedidos para que ela assumisse o cacicado que, à priori, foi recusado. “Não sabia o que era ser cacique. Eu era uma simples mãe. Eles insistiram muito e aceitei. E hoje, com a força do pai Tupã e da mãe Tamaí, cheguei onde cheguei”.

A mais de duas décadas à frente da tribo, Pequena fala com segurança o papel de uma cacique: “é ser como um prefeito, um governante da tribo. É juntar de fora para dentro da aldeia, pra ajudar o povo. Foi o que fiz”.





Não é à toa que hoje tem Escola Indígena, Museu Indígena, Pousada Indígena, Cras Indígena (Centro de Referência da Assistência Social) e Posto de Saúde Indígena. “Energia e água nas casas, casa de farinha, galpão e cantina. Tudo isso através dessa mulher que tá aqui na sua frente e na desse povo todo. Eu era uma simples cacique e agora sou Guardiã da Memória, Mestre da Cultura e vou receber o meu certificado de Doutora da Mata”.



Aquiraz: Para divulgar a Prainha


Falou em Aquiraz, lembrou de Beach Park. Mas a primeira capital do Siará Grande guarda muito mais histórias do que um parque aquático consegue abarcar. Ali, bem do lado do Porto das Dunas, estão a Praia do Japão e a Prainha. E, bem no meio, a Barraca Cozinha da Danny, canto bom pra dar uma parada, comer algum fruto do mar e se preparar para um dos tradicionais passeios de buggy.


Quem atende os aventureiros de areia é a Alba, do Alba Turismo Buggy Tur, mas quem leva pra passear são os bugueiros, como Regivaldo Sousa. “Sempre trabalhei aqui na praia. Primeiro de garçom, vigia, guia e, agora, depois da regulamentação da prefeitura, como bugueiro”.

A profissão é a considerada de melhor renda da localidade. “Sem contar que é um trabalho bonito, porque a gente trabalha e se diverte ao mesmo tempo, pelo contato com as pessoas e com a natureza. E divulga a Prainha! Trazemos o pessoal pro passeio de buggy e eles consomem em praticamente todas as áreas: com as rendeiras, restaurantes, jangada. Então, nós ajudamos todas as classes”.

E do que o Regivaldo mais gosta na profissão? “Contar a história daqui e fazer o passeio. Ah! E bater foto! A gente faz um monte de montagem bacana”. Todos os bugueiros brincam de composição fotográfica. Assim surgem cocos e caranguejos gigantes e pessoas em miniaturas. É o “photoshop natural”, como eles dizem. “É legal também quando vem o turista e ensina novos tipos de fotos pra gente”.

No tec-tec do bilro





É também em Aquiraz onde se encontra o Centro das Rendeiras. Por enquanto, o local está em manutenção, mas como brasileiro pra tudo dá um jeitinho, foi improvisado um lugar para a abrigar as artesãs da renda de bilro e labirinto.

Junto do vaqueiro e do jangadeiro, a rendeira é uma das figuras mais tradicionais da cultura cearense. Munidos de sua almofada, linhas e espinhos de mandacaru, os bilros vão dançando de mão em mão, ao som do tec-tec, enquanto formam os mais incríveis desenhos em roupas, bolsas e toalhas.

Dona Maria Caetana da Cunha é uma delas. Com 66 anos, faz renda desde os 10, idade em que aprendeu o ofício com a mãe. De todos os trabalhos, prefere fazer as toalhinhas de mesa, seja ela branca ou colorida. “Gosto muito de cor. Agora tô fazendo uma linda, azul”.

O trabalho é demorado, mas é o que ela gosta de fazer. “Pena é que as meninas não querem mais aprender”. Mas dona Maria não se abate e diz que, enquanto der, e a “vista aguentar” vai continuar fazendo renda. E reproduzir o tec-tec da música artesanal.



11 coisas que só quem é de Aracati vai entender


Aracati, em Tupi Guarani, quer dizer “terra dos bons ventos”. E isso se aprende logo que um aracatiense se entende por gente. Por isso quando alguém coloca a cadeira na calçada lá em Jaguaribe, por exemplo, certeza que está esperando o vento Aracati. Isso dá um certo orgulho, sabe?! Aliás, esse pedaço de chão espremido entre rio e mar, já se chamou Cruz das Almas; Arraial de São José dos Barcos do Porto dos Barcos do Jaguaribe, Santa Cruz de Aracati e, desde 1842, Aracati.
1 – Picolé Zé de Sofia

Na verdade, o nome da sorveteria é Sucesso, mas como tudo e todos por lá são conhecidos pelos pais… Mero detalhe, porque o que faz a diferença é o sabor de picolé. Pensar que é um picolé como outro qualquer é heresia.

2 – Suco de Tamarindo de ‘Seu Ponciano’

É quase um patrimônio cultural aracatiense. A fórmula pertence à família e é irrevelável. Como você não vai mesmo saber fazer em casa, aproveita e vai lá na Casa Ponciano, que é uma volta ao passado. Ahh…. não aceita cartão de débito, mas tem a caderneta.

3 – Sanduíche de Xicão

Depois do picolé de Zé de Sofia, de experimentar o suco de tamarino dos Ponciano, você precisa comer o sanduíche de Xicão. Não necessariamente nesta ordem. Xicão é um visionário. Muito, mas muito antes do boom dos food truck, ele já fazia sucesso com o seu carrinho no beco do museu (rua Barão de Messejana). O sanduíche é ótimo e o papo também. Se Xicão não souber seu nome, ele vai mandar um “primo (a)”. De uma coisa pode ter certeza: você voltar.

4 – Apelido

Sem essa de bullyng! Lá em Aracati, e não é de hoje, desde a época de Castorina Pinto, que é assim: todo mundo tem apelido. A fama de Castorina se perpetua.

5 – Nomes de ruas

São poucas as ruas da cidade que são conhecidas pelos próprios nomes. Nem a mais famosa delas escapa. A rua Coronel Alexanzito é popularmente chamada Rua Grande.

6 – Fé

A padroeira da cidade é Nossa Senhora do Rosário, mas a maior festa religiosa da cidade é 20 de janeiro, dia de São Sebastião. Nesse período, um parque de diversão, cuja propaganda sempre é maior do que a realidade, se instalava na cidade. Ali, era hora e lugar para se ‘arrumar’ (namorar). Um cacho de pitomba era quase um quite obrigatório de quem ia à Coréia (nome dado ao parque).

7 – Via Litorânea

Domingo é dia de praia. No meu tempo, já era um avanço se comparado a anos anteriores, a empresa de ônibus, Via Litorânea, era a única que fazia o itinerário Aracati – Majorlândia – Quixaba. O bagageiro era mínimo. Com isso, era comum sentar ao lado de uma caixa de peixe; quando você tinha a sorte de ir sentado. Nunca desci pela porta de trás, mas uma boa tática de não pagar passagem é mostra uma nota de R$ 50,00. Quase nunca o tinha troco e caia no esquecimento do trocador.

8 –   Beco do Museu

Perna cabeluda, loira do banheiro, nada me assustava mais do que o ‘Beco do Museu’. A ruela que liga duas vias importantes se fechava a meia noite em ponto. Seja lá onde estivesse, voltava antes do horário mal assombrado.

9 – BRO – bros

Uma caixa de som sem equalização alguma na entrada do Xepão anunciava as promoções de fim de ano. Na verdade, a partir de setembro começa o queima. Minha mãe, como várias outras, aproveitava pra renovar o estoque de cuecas e meias. De vez em quando, ganhava uma camisa ou calção, às vezes os dois. Só às vezes.

10 – Pitu

Infância no interior o que mais se faz é brincar. Sabe esconde-esconde? A gente brincava, mas valia por toda a cidade. Exatamente. Você poderia se esconder em qualquer lugar da cidade. Várias vezes, ‘me escondia’ na minha cama. Corria pra casa e dormia.

11 – Carnaval

Para os aracatienses, carnaval transcende à festa atrás dos trios. Mesmo quem não sabe dançar (eu), mesmo que tenha agorafobia (minha mãe) todos nós amamos carnaval. Gostamos tanto que na manhã de quarta-feira de cinzas, reservamos forças para sair no Bloco dos Loucos, na Praça da Coluna.